A importância de empreender profissionalmente

Por: Denise Dariva | Mentora no Programa Conecta Startup Brasil

Empreender é como uma atividade física, todos podem fazer e a performance vai depender da dedicação de cada um. O que faz com que os melhores empreendedores se destaquem é a capacitação. Segundo o SEBRAE, o Brasil ocupa a liderança na taxa de empreendedorismo mundial. O contraponto é que também apresenta os mais elevados índices de taxa de mortalidade entre empresas, cerca de metade das empresas a cada 4 anos (IBGE ) vão fechar as portas. Isso se deve a falta de planejamento e conhecimento do mercado. Neste post a consultora de empresas, Denise Dariva, explica os melhores caminhos para se tornar um empreendedor de sucesso. Leia e saiba como empreender de forma adequada.

Há, basicamente, dois tipos de empreendedores: pessoas que empreendem por necessidade e pessoas que empreendem por oportunidade. A pessoa que empreende por necessidade é aquela, que, por exemplo, perde o seu emprego e em função de não conseguir uma recolocação no mercado e tendo a necessidade de gerar receita, opta por empreender. Ou quem querer alçar novos voos, está insatisfeito, acaba por abrir uma empresa, ou irá atuar de forma autônoma, sem muito planejamento. Já o empreendedor por oportunidade tem mais chances de sucesso, pois ele identifica antecipadamente um nicho de mercado ou oportunidade e vê a possibilidade de atuação, de forma estruturada naquele mercado.

Independente de qual for o seu perfil empreendedor, se por necessidade ou oportunidade, é muito importante seguir o comportamento de um empreendedor profissional, não se deixando levar pelo entusiasmo e desempenhando tarefas fundamentais para começar bem um novo negócio. A busca pelo autoconhecimento é fundamental, saber quais características e habilidades deve ter um empreendedor, a importância de saber delegar, contratar competências complementares, sempre quando for necessário. Afinal, não somos bons em tudo. O empreendedorismo tem sido revisto até mesmo nas universidades. Um bom exemplo é um médico quando abre o seu consultório. Ele deveria ter, no mínimo, algumas noções de empreendedorismo e administração para gerenciar o seu consultório, ou ao menos, deverá contratar pessoas competentes para cumprir determinadas funções.

Existem muitos mitos relacionados a empreender e quase sempre é distorcido da realidade, descubra quais suas verdadeiras motivações para empreender.  Entenda quais são as tarefas fundamentais para se tornar um empreendedor profissional:

Identificar-se com o mercado

Quem empreende por entusiasmo pode acabar frustrado por não gostar do que faz. Os “pés no chão” costumam diferenciar o bom empreendedor daquele que empreende por entusiasmo. Esse sentimento quando moderado ajuda na motivação do empreendedor. É comum que os empreendedores de sucesso já tenham algum tipo de relacionamento com o mercado escolhido.

Já aquele entusiasta que não planeja e apenas aposta nas suas ideias pode encontrar problemas porque não estruturou seu negócio de uma forma pensada e, provavelmente, não previu contingências que podem ser cruciais nos resultados.

Identificar possibilidades de novos nichos de mercado

Estudar cases de sucesso e identificar possibilidades de nichos  de mercado ainda não explorados é uma boa tática de inspiração. Assim como criar um  modelo de negócio  inovador que esteja alinhado a entrega de valor para seus clientes, são essenciais.  A atitude  de  não  fazer nada “no calor do momento”, quando se está muito empolgado em empreender, pode ser inclusive, econômica. É preciso estudar o mercado em que se pretende atuar.

Empreendedor por Oportunidade x Empreendedor por Necessidade

É importante deixar a emoção de lado e empreender profissionalmente. Planejamento é a palavra chave. Estudar o mercado, fazer uma pesquisa do macro e do micro ambiente, conhecer o seu perfil comportamental  e  o comportamento do seu público alvo , normalmente já são pontos por quem empreende por oportunidade. Ao empreender por necessidade, o dono ou dona do negócio tende a pular etapas importantes de planejamento, o qual é fundamental para ser mais assertivo e competitivo.

Saber se o seu público alvo vai estar disposto a pagar pelo o que você tem a oferecer também é uma pesquisa a ser feita  e, às vezes, empiricamente, antes de abrir o seu negócio. Muitos empreendedores, fazem  o teste de mercado demonstrando gratuitamente os seus produtos ou serviços, mas não questionaram o quanto e se o mercado está disposto a pagar.

Vale aquela máxima: “Amigos, amigos. Negócios a parte”

O empreendedor deve ser racional. Muitas vezes o empreendedor vai em busca de um sócio e acaba por escolher alguém por afinidade, que já é seu amigo. Na realidade, ele deve buscar alguém que tenha um perfil empreendedor complementar ao seu, que possa suprir possíveis pontos fracos importantes do negócio. Obviamente isso não quer dizer que o seu amigo, familiar ou até mesmo cônjuge não possa ser seu sócio, mas avalie bem suas habilidades e competências antes de qualquer movimento.

Perfil do Empreendedor Profissional

Para ser um empreendedor, não basta apenas você querer. Algumas características vão ajudar muito no seu caminho para o sucesso. Veja alguns pontos:

  • Apreço por desafios
  • Capacidade de se relacionar (networking)
  • Interesse em capacitação contínua
  • Atento ao mercado
  • Conhecer ferramentas que ajudam na tomada de decisões
  • Conheça o comportamento do seu cliente

Para manter uma posição sólida no mercado o empreendedor deve estar em constante capacitação. Usar ferramentas de planejamento e compartilhar informações com colegas em trabalhos colaborativos são bons investimentos. Às vezes, alguém que está apaixonado pelo seu negócio pode esquecer ou não enxergar detalhes cruciais. Então, uma pessoa de fora da empresa pode identificar possíveis falhas e indicar novos caminhos. Por isso, vale muito a contratação de um consultor.

Quanto mais específico, melhor

Pode parecer difícil de identificar, mas há nichos ainda não explorados no mercado. Desde que se tenha feito uma análise detalhada, há bastante chance de o empreendedor se destacar trabalhando com algo específico. A grande sacada é atender um público que ainda não recebe a atenção que deseja. É importante lembrar que é o planejamento que ajuda a estruturar o negócio. Apesar de, muitas vezes, sermos impactados por fatores externos que não imaginamos, é possível ser muito mais  assertivo, quando se pensa no negócio de forma sistêmica .

Marque presença na web

O mundo está cada vez mais digital. Não é porque o seu negócio é local, que ele não precisa estar na web. Muito pelo contrário. O empreendedor deve entender o comportamento do seu cliente e a importância da presença na web, para se adaptar a isso e comunicar de maneira correta.

Então, podemos dizer que empreender profissionalmente é melhorar a sua performance continuamente, sempre atento ao mercado, a novos formatos de negócio e atendendo o interesse dos clientes.  O planejamento, a  pesquisa de mercado, e a capacitação,   tais como cursos de gestão, são bases para ter sucesso no desafio do empreendedorismo. Para manter o seu negócio, é importante se relacionar com as pessoas certas, também capacitadas para empreender. Identificou-se com esse perfil? Mãos à obra!

Parceiro Executor

Realização